Ao navegar no nosso site assumimos que aceita a utilização de cookies próprios e de terceiros para melhorar a sua experiência de navegação e serviço. Para mais informação, consulte a nossa Política de Cookies. Aceitar

Mecalux registou uma facturação de 204,4 milhões de euros no primeiro semestre, 38,6% inferior ao mesmo período do ano anterior

06/08/2009

A Mecalux fechou o primeiro semestre de 2009 com um volume de negócio de 204,4 milhões de euros, o que supõe uma descida de 38,6% face ao período homólogo do ano anterior. O resultado líquido do Grupo foi de -3,7 milhões de euros, o que se traduz numa redução de 113,2%. A Mecalux imputa esta descida das vendas a uma menor actividade económica global e à interrupção da tomada de decisões de investimento em equipamentos de muitas companhias. Por outro lado, a incorporação do negócio da Interlake implicou um aumento do volume de pedidos de 34,4% na área NAFTA, em relação ao mesmo período do ano anterior.
Para a MECALUX isto indica uma gradual recuperação da área NAFTA, que representa actualmente 21,1% das vendas do Grupo. A Mecalux encontra-se numa situação estratégica neste mercado, num momento em que é fundamental uma posição de liderança face a uma progressiva recuperação da actividade económica.

Vendas por áreas geográficas
Nos mercados do Sul da Europa (Espanha, França, Itália e Portugal), a facturação do Grupo sofreu uma redução de 43,9% em relação ao período homólogo do ano anterior. No Mercosul, a redução foi de 42,1%. Esta área representa 11,3% das vendas do Grupo.

Por outra parte, o EBITDA deste período foi de 3,1 milhões de euros no primeiro semestre de 2009, o que supõe uma variação de -94% face ao mesmo período do ano anterior, devido a uma menor actividade.