Pallet Shuttle Automático

Pallet Shuttle Automático

Solução de armazenamento compacto para paletes, completamente automática, que aumenta a capacidade e a produtividade do armazém.

O produto

Automatização total do armazenamento compacto para aumentar o rendimento do armazém

O Pallet Shuttle automático é um sistema de armazenamento compacto que utiliza um carro elétrico para carregar e descarregar as paletes das estantes de forma autónoma. O carro é assistido por equipamentos de movimentação também automáticos (transelevadores ou lançadeiras) que o transfere das posições de entrada e saída para os diferentes canais de armazenamento.

Esta solução, que combina na perfeição o armazenamento de alta densidade e a automatização das operações, aumenta significativamente a capacidade de armazenamento e intensifica de forma relevante o fluxo das entradas e saídas. Deste modo, é possível maximizar o aproveitamento da superfície disponível e a produtividade do armazém.

O Pallet Shuttle automático otimiza a capacidade de armazenamento

Vantagens do Pallet Shuttle automático

  • Aumento da produtividade: grande aumento no número de ciclos/hora em relação a outros sistemas de armazenamento compacto, especialmente na configuração com lançadeiras.
  • Maior capacidade de armazenamento: com estantes que podem superar os 40 m de altura e canais de armazenamento até 45 m de profundidade, o carro pallet permite aproveitar ao máximo o espaço disponível.
  • Gestão totalmente automática: a completa automatização das operações otimiza os movimentos, além de garantir um controlo perfeito do stock e a eliminação de erros.
  • Alta velocidade de translação: a rápida deslocação do shuttle (72 m/min com carga e 108 m/min em vácuo) reduz o tempo de entrada e de expedição da mercadoria.
  • Operação ininterrupta: os supercondensadores do carro são carregados automaticamente quando está a bordo do transelevador ou da lançadeira, por isso o carro está sempre preparado para operar.
  • Grande versatilidade: pode armazenar uma referência diferente em cada canal de armazenamento e operar com paletes de diferentes tamanhos e larguras.
  • Poupança de energia em câmaras frigoríficas: a compactação permite reduzir o volume de ar a refrigerar em armazéns de refrigeração e congelação.
  • Segurança: o carro manipula e deposita as paletes com absoluta precisão. Além disso, reduz significativamente a circulação de empilhadores elevadores e de outros veículos de movimentação, o que reforça a segurança da instalação.
  • Solução integral: A Mecalux projeta, fabrica, instala e coloca em funcionamento todos os componentes do sistema, desde estantes, carros e equipamentos de movimentação automáticos (transelevadores ou lançadeiras) até transportadores, software de controlo e software de gestão.
As vantagens proporcionadas pelo Pallet Shuttle automático são o aumento da produtividade e da capacidade de armazenamento

Aumentámos o fluxo de entradas e saídas, otimizámos o processo de carregamento dos camiões e reduzimos os erros

Luís Simões
António Martin Gerente do centro logístico
Luís Simões
(Cabanillas del Campo, Espanha)

Aplicações do Pallet Shuttle automático

Solução perfeita para a gestão automatizada de armazéns com alta rotatividade de produtos

A implantação de armazéns compactos automáticos com o Pallet Shuttle é especialmente indicada para empresas que necessitam de um aproveitamento máximo do espaço disponível e um significativo aumento da produtividade para mover um elevado número de paletes/hora.

O Pallet Shuttle automático é adequado para empresas que armazenam muitas paletes por referência

Armazenamento em massa

Para armazéns com referências de médio e grande consumo ou com um elevado número de paletes por referência.

O Pallet Shuttle automático é indicado para a gestão de referências de alta rotatividade

Alta rotatividade de produtos

Para empresas com referências de alta rotatividade que precisam obter um rendimento muito elevado.

O carro pallet é uma solução muito útil para o armazenamento em câmaras frigoríficas

Câmaras frigoríficas

Para armazéns de refrigeração e de congelação, pois permite reduzir o espaço a refrigerar e evitar a presença de operários em ambientes a baixas temperaturas.

Pallet Shuttle automático como buffer temporário

Buffer temporário

Para a gestão automatizada do armazenamento transitório de múltiplas unidades de carga paletizadas, por exemplo, em zonas de expedição.

Configurações do Pallet Shuttle automático

Automatização completa das operações de armazenamento e extração de cargas paletizadas

Nas instalações com Pallet Shuttle automático, o empilhador elevador utilizado na modalidade semiautomática é substituído por equipamentos de movimentação totalmente autónomos (transelevadores ou lançadeiras), o que reduz significativamente o tempo gasto em cada operação.

Testemunhos

Cabezuelo Foods

Estamos muito satisfeitos com o sistema Pallet Shuttle automático que utiliza lançadeiras porque aproveita todo o espaço do nosso armazém e permite-nos crescer sem qualquer limitação. E, ao melhorar as nossas operações, aumentámos a velocidade tanto nas entradas e saídas como na preparação das encomendas.

Félix Cabezuelo Proprietário
Cabezuelo Foods
(Socuéllamos, Espanha)
VI-MA

Escolhemos o sistema Pallet Shuttle com transelevador devido à grande capacidade de armazenamento que nos oferece num espaço limitado como o nosso. A automatização das operações reduziu os custos e permitiu um rápido retorno do investimento.

Vitaloni Marco Proprietário
VI-MA
(Miradolo Terme, Itália)
Cárnicas Chamberí

Para agilizar a distribuição e a entrega das encomendas dos nossos clientes, sabíamos que era necessário organizar adequadamente a mercadoria e dispor de uma logística totalmente automatizada. Estamos muito satisfeitos com o armazém que a Mecalux nos forneceu porque a sua colocação em funcionamento foi realizada sem incidentes e com excelentes resultados.

Juan Carlos Camacho Hernández Diretor Financeiro
Cárnicas Chamberí
(Casarrubios del Monte, Espanha)
Verlhac Logistique

O sistema Pallet Shuttle automático é a solução de que necessitávamos para otimizar o espaço e obter uma maior capacidade de armazenamento. Além disso, ao contar com operações totalmente automatizadas, garante um fluxo constante de entradas e saídas.

Michel Verlhac Presidente
Verlhac Logistique
(Cahors, França)
British Sugar

Todos os movimentos dos produtos são automáticos, o que proporciona muita agilidade às entradas e saídas da mercadoria. Graças ao movimento automático dos transelevadores, transportadores e carros motorizados, podemos efetuar os ciclos necessários para satisfazer os nossos clientes.

Samuel Chapman Diretor de Compras
British Sugar
(Wissington, Reino Unido)

Casos práticos

Finieco

Gestão automática de 1,5 milhões de sacos de papel por dia

A Finieco, fabricante de soluções de packaging de papel para empresas de todos os setores industriais, equipou o seu armazém em Santo Tirso (Portugal) com o sistema Pallet Shuttle automático, que utiliza transelevador, da Mecalux. Esta solução proporciona agilidade às entradas e saídas da mercadoria. Ler mais

Cistér

Gestão eficiente das leguminosas em conserva da Cistér com um novo armazém

A Cistér, fabricante de leguminosas em conserva pertencente ao grupo Raimundo & Maia, inaugurou um novo armazém automático na cidade de Alcobaça (Portugal). A Mecalux instalou o sistema Pallet Shuttle com lançadeiras que oferece capacidade para 12.672 paletes e um grande número de movimentos por hora. Ler mais

Ver mais casos práticos

Como funciona o Pallet Shuttle automático

Duas modalidades de funcionamento: com transelevadores e com lançadeiras

Cada uma das configurações do Pallet Shuttle oferece um funcionamento diferente. Na modalidade que inclui transelevadores, em cada corredor opera apenas um transelevador com um único carro que se encarrega de todos os níveis de armazenamento. No entanto, na modalidade com lançadeiras, há uma lançadeira e um carro em cada um dos níveis de cada corredor da instalação.

Componentes do Pallet Shuttle automático

O sistema Pallet Shuttle automático é composto por quatro elementos básicos: os blocos de estantes compactas, o carro elétrico que penetra nos canais de armazenamento para depositar e extrair paletes, o equipamento de movimentação (transelevador ou lançadeira) que transfere o carro através do corredor e o terminal de entrada e saída de paletes.

O carro motorizado é o componente central do sistema, uma vez que suporta a unidade de carga e entra nos canais para executar as operações de depósito e extração. Trata-se de um dispositivo compacto de alto rendimento que opera com rapidez e segurança.

Nesta modalidade, um transelevador automático percorre o corredor num movimento simultâneo de elevação e translação para transportar o carro satélite entre as posições de entrada e saída e os diferentes canais de armazenamento.

Nesta combinação, a transferência do carro satélite entre as posições de entrada e saída e os canais de armazenamento, é executada por um sistema também automático que, entre os seus componentes, destacam-se as lançadeiras e os elevadores.

As estantes do Pallet Shuttle automático são estruturas de armazenamento de alta densidade que aumentam significativamente a capacidade do armazém. Um sistema de carris permite que o carro circule no interior dos canais das estantes.

A antena do carro satélite recebe as ordens geradas pelo SGA

Antena

Dispositivo utilizado para que o carro receba por wi-fi as ordens geradas pelo software de gestão de armazéns (SGA).

A plataforma elevatória levanta a palete para poder movê-la dentro do canal

Plataforma elevatória

Localizada na superfície superior do carro, levanta a palete para a transportar pelo canal.

As rodas de movimento permitem a circulação do carro dentro do canal

Rodas de movimento

Oito rodas (quatro por cada lateral) assentes sobre a base do carril que permitem a deslocação do carro ao longo do canal de armazenamento.

As rodas de contraste guiam o carro satélite em sentido longitudinal

Rodas de contraste

Quatro rodas pequenas situadas nos vértices do carro guiam-no longitudinalmente para garantir uma deslocação suave e segura.

Os sensores incorporados no carro satélite desempenham diversas funções

Sensores

Contam com diferentes sensores que desempenham distintas funções: a correta colocação da palete sobre o carro, a deteção da última palete depositada no canal ou a determinação da distância que separa o carro do final do canal.

Os supercondensadores constituem a fonte de energia elétrica do carro

Supercondensadores

Fonte de energia elétrica do shuttle, de alta potência e vida útil longa. O seu processo de carga é simples, rápido e totalmente automático.

As escovas são utilizadas para carregar automaticamente o carro

Escovas de carga automática

Dispositivo que permite carregar automaticamente os supercondensadores enquanto estão a bordo do berço do transelevador ou da lançadeira.

O indicador de falha alerta para a deteção de eventuais problemas associados ao carro satélite

Indicador de falha

Sinal luminoso na cor vermelha que pisca de forma intermitente caso haja algum problema relacionado com o funcionamento do carro.

O transelevador desloca-se ao longo do comprimento e da altura do corredor de trabalho

Transelevador

Desloca-se ao longo do comprimento e da altura do corredor de trabalho localizado entre os blocos de estantes a transportar o berço de elevação onde o carro é depositado.

O  carro satélite está localizado no berço de elevação do transelevador

Berço de elevação

Componente do transelevador sobre o qual se deposita o carro satélite que é levantado pela coluna para situar o carro à entrada do canal de armazenamento atribuído.

Os carris guiam o percurso do transelevador por todo o corredor de trabalho

Carris de corredor

Conjunto de perfis (um superior e outro inferior) que guia a deslocação longitudinal do transelevador por todo o corredor de trabalho.

As lançadeiras movem o carro elétrico ao longo do corredor de trabalho

Lançadeiras

É instalada uma por nível e a sua função consiste em transferir o carro, ao longo do corredor de trabalho, para a entrada do canal de armazenamento atribuído.

Os elevadores movem as paletes entre o terminal e os diferentes níveis da estante

Elevadores

Transportam as paletes do terminal para o nível em que está localizado o canal atribuído (e vice-versa). A quantidade de elevadores dependerá do volume de paletes a mover, embora sejam instalados no mínimo um de entrada e outro de saída.

A plataforma é o suporte estrutural sobre o qual se deslocam as lançadeiras

Plataforma e carris

Conjunto estrutural formado por passarelas e carris que configura a superfície de apoio sobre a qual se deslocam as lançadeiras ao longo dos corredores e que permite estabelecer a ligação entre os elevadores as lançadeiras através de um transportador de saída.

Os bastidores e vigas formam as estantes do sistema Pallet Shuttle automático

Bastidores e vigas

Perfis verticais e horizontais que compõem os blocos de estantes em cujos canais de armazenamento circulam os carros motorizados para depositar as paletes.

Os carris estão localizados no interior dos canais de armazenamento do sistema Pallet Shuttle automático

Carris

Perfis horizontais situados no interior de cada canal. Oferecem um nível de apoio inferior sobre o qual desliza o carro e um nível superior sobre o qual é depositada a palete.

A rede antiqueda evita que as cargas caiam ao chão

Rede de proteção antiqueda

É colocada em toda a altura da estante quando coincide com as zonas de passagem para evitar a queda de cargas.

A cerca de segurança delimita a superfície ocupada pelo Pallet Shuttle automático

Cercas de segurança

Vedação metálica perimetral que delimita o bloco de estantes e a zona de operação dos equipamentos de movimentação automáticos e o circuito de transportadores.

Catálogos

Catalog - 2 - Easy-wms - pt_PT

Software de gestão de armazéns

Inovação tecnológica para armazéns eficientes

Descarregar

Perguntas frequentes

O Pallet Shuttle automático é um sistema de armazenagem de alta densidade que utiliza carros elétricos e equipamentos de movimentação autónomos (transelevadores ou lançadeiras) para automatizar totalmente as operações que permitem depositar e extrair paletes das estantes. Desta forma, é possível aumentar a produtividade do armazém e maximizar o aproveitamento do espaço disponível.

A principal diferença entre ambos os sistemas refere-se ao modo em que as unidades de carga se movem para a entrada dos canais de armazenamento. Na modalidade semiautomática, tanto o carro como a palete a depositar deslocam-se para o canal e entram no mesmo através de um empilhador elevador. No entanto, na solução automática esta operação é realizada sobre transelevadores ou lançadeiras, o que permite obter uma automatização total de ambas as manobras.

O carro pallet é uma solução muito útil para armazéns com uma alta rotatividade de produtos, sendo portanto fundamental garantir o máximo aproveitamento da superfície de armazenamento disponível. Além disso, trata-se de um sistema perfeito para empresas que trabalham com produtos de armazenamento em massa, com referências de médio e grande consumo, ou com um grande número de paletes por referência. Finalmente, o Pallet Shuttle automático é também indicado para o armazenamento em câmaras frigoríficas: a compactação permite uma significativa poupança de energia ao reduzir o volume de ar a refrigerar e a automatização permite que os operários não tenham de se expor a baixas temperaturas.

A escolha de um equipamento de movimentação ou outro dependerá do número de movimentos de entrada e saída necessários. Na configuração com transelevadores, cujo custo é inferior, um único carro elétrico trabalha nos diferentes níveis de armazenamento localizados de ambos os lados do corredor de trabalho. Este facto limita a sua capacidade operacional, pelo que é recomendável se o número de ciclos/hora não for uma prioridade. A configuração com lançadeiras permite que o carro se movimente em cada um dos níveis de armazenamento, o que multiplica o número de ciclos/hora pelo número de níveis de armazenamento.

Numa instalação que utilize o Pallet Shuttle com lançadeiras é necessário instalar, no mínimo, dois elevadores por corredor, um de entrada e outro de saída. Do mesmo modo, se for necessário um volume de ciclos/hora superior, pode ser instalado dois elevadores de entrada e outros dois de saída num mesmo corredor.

O carro utilizado no sistema Pallet Shuttle automático está disponível em três dimensões que se adaptam às medidas das paletes mais comuns. A medida frontal é a mesma para os três modelos, pois a palete é manipulada pelo lado mais largo (1.200 mm). No entanto, a medida da profundidade varia, uma vez que se adapta a diferentes profundidades de paletes (800, 1.000 e 1.200 mm).

Sim, mas não de forma direta. Para depositar uma palete de dimensões irregulares, por exemplo, esta deve ser montada sobre uma palete padrão compatível com o carro e a estante que funciona como palete “escrava”. Para armazenar cargas especiais, tal como os contentores IBC ou big-bags, funciona da mesma maneira: a unidade de carga é colocada sobre uma palete, que posteriormente será depositada sobre os carris da estante.

Sim. O funcionamento do Pallet Shuttle automático exige dois programas: o software de gestão de armazéns (SGA), que controla o stock e atribui as localizações às diferentes unidades de carga, e o software de controlo de armazém (SCA), que envia as instruções de movimento aos equipamentos de movimentação automáticos. A Mecalux pode fornecer ambos os softwares.

O carro satélite suporta unidades de carga até 1.500 kg.

O shuttle desenvolve uma velocidade de 108 m/min em vácuo e 72 m/min com carga.

O sistema foi projetado para funcionar numa vasta gama térmica: suporta temperaturas entre -30 ºC e +45 ºC.

Os shuttle operam de modo ininterrupto, uma vez que os supercondensadores são carregados automaticamente enquanto o carro está a bordo do transelevador ou da lançadeira. O tempo necessário para carregar varia, pois dependerá da profundidade dos canais e do peso das unidades de carga. De modo geral, os supercondensadores costumam ser totalmente carregados em menos de 25 segundos de espera.

Sim, totalmente: não existe risco de degradação nem de ignição. Além disso, não precisam de manutenção, pois são perfeitamente adaptáveis a uma utilização intensiva e têm uma vida útil longa.

Fale com um especialista