Yamazen: rastreabilidade que otimiza a cadeia de suprimentos

Yamazen: rastreabilidade que otimiza a cadeia de suprimentos

Rastreabilidade de 5.000 referências e controle absoluto da cadeia de suprimentos da Yamazen

Yamazen: rastreabilidade que otimiza a cadeia de suprimentos

O distribuidor de máquinas-ferramenta Yamazen abriu novos escritórios e instalações logísticas em Elk Grove Village (Illinois, EUA), com os quais pretende não apenas expandir a capacidade de armazenamento, mas também melhorar o serviço aos clientes. Para isso, implementou o Sistema de Gerenciamento de Armazém Easy WMS da Interlake Mecalux, bem como o módulo Slotting para otimizar a distribuição de mercadorias e Supply Chain Business Intelligence para controlar tudo o que acontece na cadeia de suprimentos.

Evolução e crescimento

Atuante nos Estados Unidos desde 1967, a Yamazen é uma multinacional engajada na comercialização de máquinas-ferramentas, ferramental e soluções automotivas utilizadas por empresas do setor na fabricação de peças usinadas. A empresa em constante evolução desenvolve novas soluções cada vez mais sofisticadas tecnologicamente para se adaptar às demandas do mercado. 

Além de sua sede no Japão, a empresa possui uma extensa rede comercial de 60 escritórios e fábricas de produção espalhadas por mais de 20 países da Europa, Ásia e América do Norte. 

Nos Estados Unidos, seu crescimento tem sido progressivo. "Somos uma empresa que se esforça para oferecer seus conhecimentos e soluções para centenas de empresas americanas. Nossa prioridade é encontrar a solução certa para suas necessidades, o que nos ajuda a impulsionar nossos negócios e aumentar as vendas. Como resultado, tivemos que expandir nossas instalações logísticas e showroom", explica James Hansen, vice-presidente executivo. 

Anteriormente, a empresa tinha escritórios e um centro de distribuição em Schaumburg (no estado de Illinois) que não tinha espaço. Além disso, teve sérias dificuldades em organizar adequadamente toda a mercadoria e abastecer com eficiência os treze pontos de venda que possui nos Estados Unidos. 

Por esta razão, decidiu mudar-se para uma nova instalação maior em Elk Grove Village (também em Illinois). Em uma área de 12.820 mestão os escritórios, o armazém e o showroom. Ao inaugurar o armazém, James Hansen sabia a chave para melhorar a logística da Yamazen: "Queríamos otimizar todas as operações e manter um controle muito mais rigoroso das mercadorias"

De uma logística manual a uma digital

"Desde o início, os operadores anotaram os produtos que recebiam no armazém no papel e, em seguida, colocaram essas informações em uma folha de cálculo Excel", diz James Hansen. No entanto, esse método de trabalho teve uma grande desvantagem: a probabilidade de cometer erros ao anotar produtos ou inserir dados no programa era muito alta. 

Além disso, a rastreabilidade dos produtos era praticamente inexistente. A empresa há muito queria acompanhar os movimentos dos produtos, desde chegar ao armazém até serem expedidos. "À medida que nosso volume de trabalho aumentava, o controle do estoque com o Excel estava se tornando cada vez menos viável", acrescenta James Hansen. 

Para melhorar sua cadeia de suprimentos, a Yamazen estava convencida de que deveria implementar um Sistema de Gerenciamento de Armazém (WMS). Depois de combinar diferentes opções, eles escolheram Easy WMS, o WMS da Interlake Mecalux, por suas capacidades e escalabilidade. 

"Nós realmente gostamos da apresentação do Easy WMS porque vimos que se encaixava como uma luva para as particularidades do nosso negócio. Com este sistema, podemos saber a disponibilidade de referências e fazer inventário em tempo real. Também descobrimos que os operadores poderiam se acostumar a trabalhar com essa ferramenta com facilidade", diz James Hansen. 

Ao vice-presidente executivo da Yamazen não faltava razão. O WMS foi projetado para otimizar as operações, ordem de preparação em particular. Com a ajuda de um terminal de radiofrequência, os operadores seguem as isntruções do Easy WMS, sendo assim muito mais rápidos e eficientes. Além disso, projeta rotas através do armazém (por exemplo, para armazenar um produto ou preparar um pedido) que garantam que os operadores percorram o mínimo possível. 

A Interlake Mecalux também implementou dois módulos adicionais que melhoram as competências do Easy WMS: Slotting para otimizar a distribuição de mercadorias e, Supply Chain Analytics Software, capaz de analisar o desempenho das operações de armazém.

Easy WMS na nuvem

A Yamazen implementou o Easy WMS em seu modo SaaS (Software as a Service) baseado em nuvem para que os operadores da Yamazen acessem o Easy WMS de qualquer navegador com conexão à internet. Os dados são armazenados em servidores externos com total segurança e, além disso, a empresa sempre tem a última atualização do Easy WMS. 

Com essa modalidade, a Yamazen melhorou sua logística com investimento mínimo em infraestrutura de software"Eliminar a manutenção do servidor é uma grande vantagem para nossa equipe de TI", comemora James Hansen.

Slotting: controle de mercadorias

O controle de estoque é um passo crucial para a cadeia de suprimentos da Yamazen. A correta distribuição das mercadorias evita que os operadores percam tempo localizando cada artigo, acelerando assim todas as operações do armazém. 

Nessa linha, o módulo Slotting é uma extensão Easy WMS projetada para determinar a localização ideal de cada produto. Yamazen precisava deste módulo porque em seu armazém gerencia 5.000 referências de diferentes tamanhos e peculiaridades: 300 são máquinas armazenadas em caixas grandes em prateleiras de paletes e 4.700 são peças de reposição em pequenas caixas em estantes para picking. 

Por meio de uma estratégia de distribuição de estoque baseada em regras e algoritmos, o módulo Slotting aumenta a produtividade nos processos de recebimento, reposição e preparação. Os operadores simplesmente leem o código de barras de cada produto com seu terminal de radiofrequência para o módulo Slotting atribuir uma localização a ele. 

Este módulo, além de distribuir as localizações do armazém de acordo com as particularidades físicas das mercadorias, também considera a principal operação deste armazém, a elaboração de pedidos. Assim, por exemplo, produtos com maior nível de demanda são mais acessíveis para facilitar entrada e saída. 

Preparação do pedidos otimizada

"Anteriormente, os operadores dos diversos departamentos da empresa entravam diretamente ao armazém para pegar os produtos que precisavam. Eles sabem melhor do que ninguém os artigos que usam no dia-a-dia", explica o vice-presidente executivo. Isso causou quebras de estoque e atrasos na preparação de pedidos porque houve falta de acompanhamento. 

Agora, com a ajuda do Easy WMS, toda a operação é muito mais rápida e segura. É trabalhado por áreas, por isso os operadores não precisam conhecer em detalhes as características de todos os produtos armazenados. 

Três tipos de pedidos são preparados no armazém da Yamazen: 

  • Máquinas-ferramentas. Estes pedidos são enviadas em grandes contêineres. Os operadores localizam a máquina-ferramenta indicada pelo WMS e a movem diretamente para a área de expedição.
  • Peças de reposição. Quando um cliente requer uma peça de reposição específica, o Easy WMS informa ao operador o local exato a ir, o número de artigos para remover da localização e para onde entregá-lo.
  • Ferramentas e acessórios. Como regra geral, os clientes que solicitam ferramentas normalmente exigem um número maior de artigos (cerca de 100 pedidos por dia, consistindo em uma média de 20 artigos cada). Para esses casos, a preparação de pedidos é feita por agrupamento. Seguindo as ordens do Easy WMS, os operadores visitam o armazém com um carro no qual depositam todos os artigos. 

Após a conclusão dos pedidos, eles são transferidas para a área de consolidação. Lá ocorre a embalagem e rotulagem da mercadoria e, em seguida, sua transferência para a área de expedição, onde as embalagens são agrupadas por pedido ou por rota de transporte. 

Supply Chain Business Intelligence: controle operacional

"Quando instalamos o Easy WMS, pedimos especificamente a equipe técnica da Interlake Mecalux para que o sistema fosse capaz de controlar a mercadoria e as operações de armazéns", diz James Hansen. 

Por este motivo, foi implementado o módulo Supply Chain Business Intelligence, um sistema com o qual consultar e analisar através de indicadores todos os dados relacionados à atividade do armazém: entradas, saídas, preparação de pedidos, capacidade de armazenamento, etc. Com estas informações, a empresa possui dados confiáveis e objetivos que podem ajudá-lo a introduzir melhorias estratégicas que melhorem a eficiência da sua cadeia de suprimentos. 

Logística otimizada e controlada

A digitalização fornecida pelo Easy WMS ajudou a Yamazen a ter uma cadeia de abantos mais eficiente e competitiva, desfrutando de total rastreabilidade dos produtos alojados no depósito. 

Com o módulo Slotting, a Yamazen aproveitou o espaço e, ao mesmo tempo, agilizou as tarefas de picking. Por outro lado, com o Supply Chain Business Intelligence, a empresa tem todas as informações exatas para otimizar as operações

O resultado é tremendamente positivo: um armazém com máxima produtividade e excelente serviço cujo objetivo é atender um número crescente de clientes nos Estados Unidos.

O que mais gostamos no Easy WMS da Interlake Mecalux é que é muito fácil de utilizar. Os operadores devem apenas seguir as instruções neste WMS passo a passo para concluir as tarefas de forma rápida e segura. Outra coisa que valorizamos é a dedicação da equipe técnica da Interlake Mecalux, que nos aconselhou durante todo o processo de comissionamento e resolveu todas as nossas dúvidas. O resultado é um sistema que atende às nossas necessidades e também aumentou nossa produtividade.

James Hansen, Vice-presidente executivo da Yamazen

Benefícios para Yamazen

  • Rastreabilidade total: Easy WMS rastreia as 5.000 referências da Yamazen em tempo real, identificando cada artigo quando chega ao armazém.
  • Distribuição estratégica de mercadoria: o módulo Slotting organiza estrategicamente as mercadorias no armazém, favorecendo maior produtividade na captação e melhor aproveitamento do espaço.
  • Picking mais eficiente: o WMS envia instruções aos operadores sobre como preparar pedidos mais rápido e sem erros.
  • Mais fácil de tomar decisões: o módulo Supply Chain Business Intelligence tem indicadores para controlar o desenvolvimento das diferentes operações do armazém. Com base nestes dados objetivos, os responsáveis de armazéns podem tomar decisões de melhoria.

Esclareça as suas dúvidas, com um especialista

Peça informação e/ou orçamento