Como definir o manuseio de materiais

23 Janeiro 2020

Se estiver a ler este artigo é porque, como muitos profissionais da logística e da cadeia de fornecimento, está interessado nos avanços logísticos que nos ajudam a melhorar o desempenho do nossos armazéns. O manuseio de materiais é um elemento que aliviará o trabalho realizado no seu armazém logístico, melhorará o desempenho e permitirá à sua empresa satisfazer a demanda e as crescentes exigências do cliente moderno.

O que é o manuseio de materiais?

O manuseio é a ação de manipular e deslocar mercadorias, pacotes ou paletes, num armazém, um centro de distribuição, uma fábrica ou outro tipo de instalação. O manuseio pode ser manual, semiautomático ou totalmente automático, exigindo o uso de programas informáticos.

Como já sabe, hoje em dia utilizamos uma grande quantidade de equipamentos de movimentação nos nossos armazéns, como o porta paletes, a plataforma elevatória ou o empilhadora, assim como outras soluções de armazenagem automática, tais como o transelevador, o transportador ou o carro motorizado, além dos transportadores industriais.

Existe uma forma de manuseio de materiais sem interrupção?

Sim, o manuseio de materiais contínuo é o meio utilizado para processar fluxos de mercadorias ou produtos determinando seu percurso. Representa a evolução do manuseio tradicional que estamos acostumados a utilizar nos nossos armazéns. Essa fórmula permite realizar ações de armazenagem, produção, recebimento, preparação de pedidos, etc.

Para instalar um sistema de manuseio de materiais que funcione dessa forma, a empresa deverá recorrer a programas informáticos, como o Sistema de Gestão de Armazéns WMS, além de outras soluções de armazenagem também automáticas.

As principais razões que levam as empresas a utilizarem essas soluções de armazenagem são reduzir as distâncias dos armazéns e melhorar o desempenho e a qualidade do trabalho proporcionado.

Diferenças entre as formas de manuseio de materiais

MANUSEIO TRADICIONAL MANUSEIO CONTÍNUO
Homem ao Produto: os operadores deslocam-se para armazenar ou recolher as mercadorias. De modo que os funcionários fazem percursos mais livres e menos otimizados. Produto ao Homem: os operadores não deslocam-se para recolher os produtos. As mercadorias movem-se mediante transportadores industriais e assim os percursos podem ser mais otimizados (graças ao WMS).
Manual ou semiautomático Automatizado
A eficiência depende dos operadores: da sua experiência, da sua habilidade com os equipamentos de movimentação ou os percursos a seguir. Aumenta a eficiência dos operadores: gerem um maior número de pedidos num tempo menor.
Durante o picking cometem-se erros devido a fatores puramente humanos. O picking é mais preciso: as etapas de preparação, classificação e embalagem são aperfeicoadas.
Aumentam os custos operacionais e os atrasos nas entregas: o manuseio tradicional exige mais recursos que a movimentação contínua. O custo e o tempo de entrega sofrem uma redução graças à otimização dos processos.
Piora a ergonomia e a segurança dos funcionários. Os operadores colocam em risco a sua saúde com posturas inadequadas e acidentes associados aos empilhadores. A segurança e a ergonomia no trabalho melhoram. Os operadores deslocam-se menos diminuindo o risco de acidente.
Linha de montagem e produção: impossível com um manuseio tradicional. A movimentação contínua pode ser combinada com uma linha de montagem e produção.

Em que setores os transportadores são utilizados?

Como já deve ter imaginado, associamos principalmente o manuseio constante ao uso de transportadores industriais. Mas, que campos de aplicação abrange? Veja nesta lista os setores onde são usados com muita frequência:

  • Indústria farmacêutica.
  • Indústria automóvel.
  • Indústria aeronáutica.
  • Indústria de venda no retalho e distribuição.
  • Indústria agroalimentar.
  • Indústria da construção naval.
  • Indústria de construção ferroviária.

O aparecimento do manuseio ininterrupto contribuiu para melhorar o desempenho da logística interna de muitas empresas. Se você também gostaria de reduzir os as deslocações dentro do seu armazém, assim como o esforço realizado pelos seus operadores quando executam as tarefas, como a preparação de pedidos ou o recebimento de mercadorias, informe-se sobre os diferentes tipos de transportadores que podem satisfazer essa necessidade.