O que é o grupagem de cargas? Aplicações em logística

26 Março 2020

O grupagem de cargas refere-se ao processo de reorganização e agrupamento de produtos para a sua gestão unificada na armazenagem e transporte. Trata-se de um fenómeno muito presente no setor logístico devido às vantagens que oferece quanto à redução de custos e melhoria da produtividade.

No caso do transporte, o grupagem combina mercadoria de vários clientes num camião (ou contentor, se for transporte marítimo ou intermodal) para evitar uma viagem com meia carga de produtos para um único cliente.

No armazém, o grupagem de mercadorias é aplicada como parte de diferentes operações no recebimento, armazenagem, preparação de pedidos e expedição de mercadorias. Veremos o alcance dessa prática a seguir.

Aplicações do grupagem de mercadorias ou agrupamento em logística

A estratégia de grupagem de mercadorias manifesta-se de uma forma diferente em cada área da gestão logística, embora o princípio básico seja o mesmo:

1. Grupagem de mercadorias no transporte

As transportadoras costumam oferecer os seus serviços em duas modalidades:

  • Carga completa: enche-se um reboque ou contentor inteiro com a carga de um único cliente.
  • Grupagem : juntam-se cargas de vários clientes para completar o reboque ou contentor.

A consolidação de cargas faz com que os envios a longas distâncias sejam mais acessíveis para as empresas de menor tamanho. Normalmente, essas empresas não têm um volume de movimento de mercadorias muito alto e não chegam a completar reboques ou contentores na sua totalidade.

Graças à consolidação de cargas, as transportadoras manuseiam as mercadorias provenientes de diferentes clientes de forma conjunta abrindo a possibilidade para empresas modestas fazerem frente a custos de transporte muito mais moderados.

No grupagem a empresa paga pela parte do espaço ocupado na unidade de transporte. Além disso, permite que a transportadora ofereça entregas com maior frequência, pelo qual o serviço final além de ser mais acessível também pode ser mais rápido e eficaz.

O ponto negativo é o tempo de recolha e entrega que não é tão preciso quanto com carga completa. Com o agrupamento a transportadora normalmente deve fazer primeiro um percurso para carregar a mercadoria dos diferentes clientes. Depois, já no destino, acrescenta-se outra rota para a entrega da mercadoria a cada destinatário.

Consequentemente, as transportadoras que operam com agrupamento funcionam com faixas horárias aproximadas, enquanto com carga completa o tempo de entrega e recolha podem ser melhor concretizados uma vez que se trata de um transporte do ponto A ao B.

O grupagem de mercadorias é uma estratégia destinada a otimizar o espaço de armazenagem
O grupagem de mercadorias é uma estratégia destinada a otimizar o espaço de armazenagem

2. Processos do grupagem de cargas no armazém

O princípio do grupagem não se aplica apenas ao transporte. Também tem protagonismo nos armazéns, particularmente quando falamos de centros de distribuição. Neles, a consolidação de mercadorias de diversas origens permite otimizar o espaço de armazenagem e satisfazer os pedidos dos clientes com maior eficiência.

De fato, quando se decide o lugar onde o armazém vai ser construído, aspectos como a rede de distribuição e a possibilidade de consolidar cargas passam a ser fatores que devem ser considerados. A partir desse princípio nascem os centros de consolidação urbanos. Sem dúvida o grupagem também tem grande relevância nas operações de cross-docking.

Uma vez dentro do armazém a consolidação de stock consiste em reunir mercadorias compatíveis com diferentes origens. Aplica-se em:

  • Os processos de recebimento de mercadorias: ocorre quando o stock que chega é dividido e classificado, com a finalidade de integrá-lo em unidades de carga monorreferência.
  • A gestão de localizações: a consolidação de mercadorias permite flexibilizar as ocupações, pois é possível transferir um stock de uma localização para outra ou de um contentor para outro a fim de otimizar o espaço de armazenagem.
  • As operações realizadas antes da expedição de mercadorias: por um lado, podemos extrair stock de vários contentores e juntá-lo para o envio consolidado e, por outro, é comum agrupar os pedidos em função da rota ou cliente, pois normalmente são carregados na mesma unidade de transporte.

As vantagens do grupagem

Vimos as características do grupagem de cargas tanto no transporte quanto no armazém. Em ambos os casos, os benefícios são evidentes:

  • Economia de custos operacionais: o grupagem de cargas permite compartilhar custos de envio e armazenamento aproveitando a sinergia entre empresas. Dessa forma, aquelas que não movem um volume suficiente de mercadorias por si sós têm a possibilidade de aceder e pagar apenas pelo serviço necessário.
  • Serviço de maior qualidade: o grupagem de mercadorias oferece um verdadeiro leque de possibilidades, que se traduz numa melhor frequência de envios e maior abertura de rotas. Ao unir empresas focadas em um mesmo objetivo, as opções e a flexibilidade crescem nas operações logísticas.
  • Melhor aproveitamento do espaço: a grupagem de mercadoria maximiza a ocupação do espaço ao erradicar o desperdício e tratar de completar as localizações disponíveis tanto em camiões e contentores quanto em armazéns e centros de distribuição.

Lidar com a complexidade no grupagem de mercadorias

Para que o grupagem de cargas seja uma tática bem-sucedida, a coordenação e integração das operações é fundamental. Diante da crescente complexidade, ferramentas como os Sistemas de Gestão de Armazém (WMS) tornam-se indispensáveis para ter um controle exaustivo das entradas e saídas de mercadoria no armazém.

Portanto, nesse sentido, o WMS permite registar cada movimento de stock dentro do armazém e manter atualizado o inventário após a consolidação e desconsolidação de cargas, além de guiar os operadores no momento em que realizam tais tarefas.

Se deseja aproveitar todas as possibilidades oferecidas pelo grupagem de cargas na preparação e expedição de pedidos, entre em contato conosco e um dos nossos técnicos analisará os fluxos de materiais do seu armazém, assim como o irá auxiliar à procura da solução logística que mais se adapte às suas necessidades.