Os transportadores de roletes motorizados proporcionam agilidade e segurança no transporte de mercadorias

Transportadores de rolos motorizados: quando deve instalá-los?

27 Agosto 2021

Quantos quilómetros os operadores percorrem pelo armazém ao longo de um dia de trabalho? Os transportadores de rolos motorizados são a solução perfeita para reduzir as deslocações, que é a parte do picking onde os operadores mais perdem tempo. O uso de transportadores motorizados pode chegar a quadruplicar o número de pedidos preparados, o que representa uma melhoria drástica na produtividade do armazém.

Neste post veremos as situações em que é conveniente instalar um transportador de rolos motorizados para caixas ou para paletes. Além disso, conheceremos e analisaremos o seu funcionamento, os tipos de transportadores de rolos motorizados que existem e as suas aplicações.

O que são os transportadores de rolos motorizados?

Os transportadores de rolos motorizados formam, como um conjunto, um equipamento de manutenção automático que se encarrega de transferir, acumular e/ou distribuir a mercadoria de uma localização para outra. Podem interligar dois armazéns, um armazém e uma fábrica ou duas áreas de um mesmo armazém.

A principal tarefa dos transportadores de rolos motorizados é agilizar o transporte de mercadoria, economizando tempo e oferecendo eficiência, especialmente quanto maior for o trajeto a percorrer e o peso da mercadoria a transportar. É um sistema de transporte muito versátil, podendo formar múltiplos circuitos em função da necessidade de cada instalação.

Ao contrário dos transportadores tradicionais, são equipados com motores elétricos que movem as unidades de carga (paletes ou caixas) de forma controlada. Os transportadores de rolos motorizados são compostos por uma série de rolos que suportam a carga e a impulsionam ao longo de um circuito.

Funcionamento dos transportadores de rolos motorizados

O funcionamento dos transportadores de rolos motorizados está muito relacionado ao tipo de circuito e às necessidades de interligação que cumprem. Em geral, os circuitos de transportadores de rolos motorizados exigem um sistema de controlo (WCS, Warehouse Control System). Excetuando os transportadores do tipo plug and play para paletes, que não precisam de um WCS ao serem utilizados apenas em circuitos simples (uma única origem e um único destino ou várias origens e um único destino). A corrente que move o motor dos transportadores plug and play é transmitida ao ligar um transportador com o outro.

No caso de circuitos de complexidade média-alta, com vários pontos de origem e de destino, o software WCS é o responsável por executar os movimentos e coordená-los com os restantes elementos robotizados. Como? Os transportadores possuem fotocélulas que registam continuamente a localização da mercadoria e, dessa forma, o sistema de controlo pode transmitir as ordens aos restantes sistemas no momento exato para que o produto possa seguir seu percurso.

Em circuitos mais complexos, com origens e destinos muito diferentes e onde os transportadores interagem com outros elementos robotizados como elevadores ou lançadeiras, é necessário, além do sistema de controlo, de um sistema de gestão de armazém, que atua como cérebro do armazém. Esse software não só coordena os movimentos de todos os elementos automáticos, como também otimiza os fluxos de mercadoria e controla o stock de cada referência em tempo real.

Da mesma forma, os transportadores de rolos motorizados incorporam sistemas de proteção como fechamentos de segurança, passagens pedonais ou portas com controlo de acesso. Tudo isso, visando garantir a máxima segurança da mercadoria e dos operadores. Também podem incluir outros elementos como enfardadeiras, máquinas de cintar, balanças, portas de abertura automática, etc. Além disso, é habitual instalar um posto de inspeção onde se verifica se o estado, peso e medidas da unidade de carga correspondam aos requisitos da instalação.

Os transportadores de rolos motorizados podem integrar um posto de inspeção de entradas
Os transportadores de rolos motorizados podem integrar um posto de inspeção de entradas

Tipos de transportadores

Cada circuito de transportadores é formado a partir de um ou mais tipos de transportadores de modo a garantir o movimento fluido, ilimitado e seguro da mercadoria. O tipo de transportador varia em função de sua finalidade, ou seja, se é para paletes ou para caixas.

Os transportadores de rolos motorizados para paletes, que admitem unidades de carga de 800 x 1.000 x 1.200 mm e um peso máximo unitário de 1.500 kg, são os seguintes:

  • Transportador de rolos: é o mais comum e mais utilizado nos armazéns. Realiza deslocações longitudinais que abrangem longos percursos entre dois pontos da instalação com um baixo custo. A distância entre as paletes é controlada mediante fotocélulas, mantendo uma separação entre si. A velocidade de deslocação situa-se entre 10 e 20 m/min.
  • Transportador misto de rolos e correntes: ao ser composto por rolos e correntes permite modificar o sentido e a orientação da palete.
  • Transportador giratório de rolos: muda o sentido da palete e mantém a orientação do mesmo. Permite direcionar a palete para qualquer ângulo em relação ao sentido da entrada.
  • Transportador de acumulação: é utilizado para acumular paletes uma após outra, mantendo uma pequena separação entre si. São adequados para uma área de buffer temporária. Uma vez que a palete avança, o movimento dos rolos é reiniciado para que a palete que está atrás ocupe sua posição.
  • Transportador de rolos com entrada ao nível do solo: é utilizado para inserir ou expedir paletes no circuito de transportadores através de um porta paletes e, dessa forma, prescindir de empilhadores.
Os transportadores giratórios mudam o sentido da palete e mantêm a sua orientação
Os transportadores giratórios mudam o sentido da palete e mantêm a sua orientação

Os tipos de transportadores de rolos motorizados para caixas mais habituais são:

  • Transportador de rolos: transfere as caixas em linha reta, sem terem contato entre si e podem executar funções de acumulação (situar uma caixa após a outra a certa distância).
  • Transportador de rolos de acionamento contínuo: adequado para grandes distâncias e fluxos elevados. Ao contrário do anterior, este admite a acumulação de caixas por contato.
  • Transportador de rolos de acumulação em curva: serve para desenhar uma curva no circuito. O ângulo da curva do circuito é configurável.
  • Transportador misto de rolos e correias: permite mudar o sentido da caixa de 90º. Incorpora um batente retrátil que garante a linearidade da mesma durante os cruzamentos e intersecções.
  • Transportador de rolos com elevação: é utilizado para recolher ou entregar a caixa no transelevador durante as operações de entrada ou saída da mercadoria nos armazéns automáticos.
  • Transportador para picking: o seu desenho ergonómico permite usar os transportadores como mesas de preparação de pedidos.

A lista de tipos de transportadores é muito extensa, por isso é preciso analisar minuciosamente os requisitos da instalação de modo a implantar os transportadores que melhor se adaptem ao espaço.

Os transportadores de rolos motorizados para caixas podem servir como mesas de preparação de pedidos
Os transportadores de rolos motorizados para caixas podem servir como mesas de preparação de pedidos

Aplicações dos transportadores automáticos

Os transportadores de rolos motorizados oferecem uma grande versatilidade no desenho de circuitos, com soluções pensadas praticamente para qualquer situação. Estas são as suas principais aplicações e operações:

  • Interligar diferentes áreas do armazém. Provavelmente seja a aplicação mais frequente. As áreas que podem ser interligadas são múltiplas, embora costumam ser dois armazéns separados entre si ou um armazém com a área da fábrica. Por exemplo, o armazém da Cistér em Portugal utiliza transportadores de rolos motorizados para transportar para a área de armazenagem as 600 paletes que saem da fábrica diariamente. Os transportadores também unem as cabeceiras dos armazéns automáticos com os postos de picking, tal como o armazém da multinacional HAVI, que possui três postos para preparação de pedidos.
  • Recebimento, distribuição e expedição da mercadoria. O uso de transportadores de rolos motorizados é um recurso muito estendido para completar as operações inerentes à área de docas. Por exemplo, no armazém do fabricante de cerâmicas Ceramika Paradyż são utilizados como canais de pré-carga, classificando cada canal por pedido ou rota de destino. Dessa forma, as paletes acumulam-se à espera de serem carregadas nos camiões. Para a carga e descarga automática de camiões, também conhecida como ATLS (Automatic Truck Loading Systems), são instalados transportadores de rolos motorizados, perfeitos para aumentar a agilidade e segurança nas tarefas de recebimento e expedição da mercadoria. Podemos encontrar um exemplo dessa operação no armazém da empresa de alimentação Grupo Siro na Espanha.

Os circuitos de transportadores de rolos motorizados são responsáveis por interligar automaticamente diferentes áreas e operações, eliminando as deslocações dos operadores, evitando interferências e dinamizando o transporte interno.

Benefícios dos transportadores de rolos motorizados

As vantagens dos transportadores motorizados podem se resumir em:

  • Maior produtividade. Os transportadores automáticos de rolos otimizam os movimentos, oferecem um fluxo constante 24/7 e reduzem os tempos de carga, descarga e transporte.
  • Economia de custos. Oferecem uma rápida amortização do investimento (ROI) ao eliminar movimentos repetitivos, aumentar a produtividade e permitir realocar os operadores destinados ao transporte interno em outras funções. Ao mesmo tempo, as suas estruturas possuem uma grande resistência e durabilidade.
  • Máxima segurança. Como os operadores já não são obrigados a manusear as cargas de forma manual e há uma redução na circulação de empilhadores, são evitadas lesões e é minimizado o risco de acidentes. Os transportadores, por sua vez, incorporam inúmeros componentes desenhados para garantir a segurança da mercadoria e dos próprios operadores.
  • Versatilidade. Trata-se de um equipamento de movimentação completamente personalizável graças à vasta gama de elementos que admite. Permite configurar diferentes tipos de circuitos que podem ser modificados e ampliados para se adaptarem à evolução da empresa.

Em suma, os transportadores automáticos de rolos constituem um sistema de transporte interno que multiplica a produtividade do armazém e reduz custos logísticos.

A solução para qualquer armazém

É habitual associar a presença de transportadores de rolos motorizados aos armazéns automáticos, pois nesse tipo de instalação a sua presença é imprescindível. No entanto, cada vez há mais empresas com armazéns tradicionais que também optam pela instalação de transportadores para multiplicar a produtividade e ganhar segurança.

A Mecalux instala há décadas transportadores em todos os tipos de armazém. A versatilidade que oferecem permite construir uma infinidade de circuitos, adaptando-se às particularidades de cada instalação e cliente. Se acredita que chegou o momento de dinamizar o transporte interno do seu armazém, não hesite em entrar em contato com a Mecalux, iremos assessorá-lo e ajudá-lo a encontrar a melhor solução para as suas necessidades.