Sistemas de voice picking: tudo o que precisa saber

26 Fevereiro 2020

Os sistemas de voice picking auxiliam os trabalhadores do armazém através de instruções verbais. Os dispositivos de picking por voz estão ligados ao Sistema de Gestão de Armazém (WMS) e convertem as ordens em comandos de voz que o operador ouve através dos auriculares.

Uma vez executadas é o operador que, mediante voz, confirma os seus movimentos e as informações ficam registradas no sistema de forma automática.

Graças a esse sistema o operador é capaz de passar por todas as fases do picking com rapidez e precisão, resolvendo grande parte dos erros na preparação de pedidos.

Como funciona o voice picking?

O operador do armazém usa um terminal que possui auriculares e um microfone, junto a um dispositivo de controle que costuma ficar na cintura. O processo de voice by picking tem as seguintes etapas:

  1. O Sistema de Gestão de Armazém (WMS) transmite as informações relativas à preparação de pedido e o dispositivo de picking por voz encarrega-se de traduzi-las ao operador.
  2. O trabalhador recebe uma mensagem no seu auricular com a localização exata à qual se deve dirigir, a referência e a quantidade que deve recolher.
  3. Quando o operador estiver no lugar indicado, dita o código de controle noseu microfone e recolhe a referida mercadoria.
  4. O WMS recebe a informação e confere. Valida junto ao operador a quantidade restante na estante para comprovar se o inventário indicado pelo WMS corresponde ao real. Se for correta, regista a tarefa como completa e manda a seguinte ordem de picking. Se não for assim, detecta o incidente e indica as etapas que o operador deve seguir.
  5. Uma vez completa toda a linha do pedido, o sistema de pick by voice comunica ao operador a impressora à qual se deve dirigir para fazer a etiquetagem e terminar a fase de pesagem e embalagem dos pedidos.

Apesar do que o seu próprio nome indica, a aplicação da tecnologia de voz no armazém não se limita unicamente a dirigir as tarefas de picking e de preparação de pedidos.

Também guia os trabalhadores nas demais atividades. Por exemplo, nas operações de cross-docking, na execução do controle de qualidade ou nas tarefas de recebimento das mercadorias.

O sistema de voice picking e as vantagens de usá-lo no armazém?

Os sistemas de picking por voz são a evolução da já tradicional digitalização com terminais de radiofrequência. Comparativamente o pick by voice oferece vantagens relevantes:

- Aumenta a velocidade e a precisão das tarefas de picking

A grande vantagem do picking por voz é que proporciona ao trabalhador uma maior liberdade de movimentos e um campo visual mais amplo. Graças a isso, os índices de produtividade por operador registam um crescimento já no primeiro dia. Nesse sentido, o módulo Gestão da Força de Trabalho (Labor Management) do Easy WMS é uma ferramenta muito conveniente para analisar esses dados em profundidade.

As últimas melhorias realizadas no desenho dos terminais de radiofrequência transformaram-nos em aparelhos mais ergonómicos que incorporam um leitor de código de barras em forma de anel.

No entanto, essas alterações não eximem o trabalhador de utilizar a visão para procurar a localização e validar as tarefas de picking. Através do picking por voz o tempo sem atividade fica limitado ao tempo dedicado a fazer tais comprovações visuais.

Um operador realiza as tarefas de preparação de pedidos com um sistema de voice picking
Um operador realiza as tarefas de preparação de pedidos com um sistema de voice picking

- Os sistemas de picking por voz reduzem os incidentes

A redução drástica dos erros no picking, que praticamente desaparecem, é uma das vantagens mais mencionada no momento de apostar em sistemas de tecnologia por voz frente aos terminais de radiofrequência.

Por outro lado, com o voice picking, os operadores não precisam fazer “malabarismo” para manusear as cargas com uma única mão, uma vez que a outra está ocupada com o terminal de radiofrequência. Isso previne danos na mercadoria, além de trabalhar em favor da prevenção de riscos ocupacionais no armazém.

Além disso, são evitados contratempos relacionados ao registo de produtos, tais como os atrasos decorrentes das etiquetas mal coladas ou com rugas que não podem ser lidas facilmente. No caso da tecnologia de picking por voz, simplesmente é preciso recitar os números marcados na etiquetagem e seguir as instruções do sistema.

- O processo de preparação de pedidos é mais seguro e ergonómico

O voice picking permite que os operadores fiquem com ambas as mãos livres para carregar os pacotes ou produtos. Se o compararmos com o picking que utiliza radiofrequência, constataremos que os movimentos são mais ágeis e confortáveis.

Um exemplo é o dos armazéns de pneus: se o picking for realizado de forma manual, o voice picking permitirá segurar duas rodas ao mesmo tempo, uma em cada braço, minimizando o número total de etapas a seguir.

- Para os operadores é um sistema flexível e intuitivo de aprender

A formação necessária para que o trabalhador comece a operar com o sistema de picking por voz é mínimo. Por isso, esse método é ideal para os armazéns que sofram grandes mudanças devido à sazonalidade e contem com o apoio de mão de obra temporária em função dos picos de trabalho.

Além disso, a flexibilidade do sistema faz com que as instruções possam ser transmitidas no idioma que o usuário preferir sem importar a pronúncia. O sistema de reconhecimento de voz faz uma calibração no início de cada dia para verificar se está a funcionar corretamente.

- O voice picking é simples de implementar e apto para qualquer tipo de condições

A instalação dos sistemas de picking por voz é simples e não envolve grandes mudanças na infraestrutura do armazém. Com relação ao nível de barulho, os avançados sistemas de reconhecimento de voz são capazes de interpretar as respostas do operador isolando-as do som de fundo.

Seguindo esta mesma linha os auriculares contam com sistemas de cancelamento de ruído ambiente para um maior conforto do trabalhador.

Quanto à temperatura, os sistemas de picking por voz são aptos para trabalhar em armazéns refrigerados ou câmaras frigoríficas. De fato, estão entre as instalações de armazenagem que mais implementam o voice picking.

Para trabalhar em ambientes frios, os operadores devem estar equipados com roupa térmica e EPI (Equipamentos de Proteção Individual), tais como luvas que limitam a manobrabilidade com ecrãs táteis.

- O retorno do investimento em voice picking é rápido

O picking por voz faz parte das soluções de automatização da tomada de decisão que menos investimento exige. Evidentemente, o investimento necessário irá variar dependendo do fato de o armazém já ter um WMS que gere as operações de forma automática.

Antes de optar por pelo voice picking é fundamental considerar alguns fatores

  • O picking por voz é ideal para armazéns que têm uma imensa variedade de referências e uma alta intensidade de atividades de preparação de pedidos. Aqui também destacamos a conveniência para armazéns frigoríficos.
  • É obrigatório o uso de um WMS. Por trás da voz modulada desse tipo de dispositivos encontra-se o cérebro do armazém: o sistema de gestão. Sem o WMS não é possível instalar os dispositivos de picking por voz para conseguir uma melhoria radical da produtividade.
  • Se o WMS instalado no armazém for diferente do Easy WMS, convém comprovar antes se os sistemas de voice picking podem ser integrados com o software. O WMS da Mecalux pode ser ligado com todos os tipos de dispositivos de auxílio ao picking.
  • Em qualquer caso é recomendável verificar o impacto na segurança dos trabalhadores. Se o armazém operar com equipamentos de movimentação como empilhadores, será necessário avaliar se o funcionário pode ouvir as instruções ao mesmo tempo que manuseia os equipamentos. Nesse sentido, foram desenvolvidos aparelhos com um único fauricular.
  • O armazém deve ter uma rede de Internet com boa latência para que o intercâmbio de informações possa ser processado rapidamente.
  • É preciso comprovar se é necessário adaptar determinadas sinalizações do armazém. Normalmente, o sistema pode ser programado para que funcione com os códigos que já são utilizados nas etiquetas das mercadorias. Ainda assim, talvez seja preciso adicionar, por exemplo, códigos que identifiquem as docas de carga e descarga.

Se estiver a considerar implantar a tecnologia de voice picking no seu armazém, não hesite em entrar em contato conosco: avaliaremos o seu caso específico, faremos um projeto de implementação com os custos detalhados e mostraremos o ROI estimado.