Como realizar o armazenamento de pneus com sucesso

21 Fevereiro 2020

O armazenamento de pneus é uma ramificação importante no setor logístico, pois, um dos maiores negócios do mundo está baseado na produção de pneus. Só na Europa, segundo a Associação Europeia de Fabricantes de Pneus e Borracha (ETRMA nas suas siglas em inglês), a cada ano se fabrica a assustadora quantidade de quase cinco milhões de toneladas de pneus.

Uma parte é exportada para outros países, outros são fornecidos a fabricantes de automóveis ou diretamente a distribuidores, entretanto, um fator é lógico: todos eles precisarão de ser armazenados em algum momento do seu ciclo de vida. E nesse ponto surge a questão: como armazenar pneus corretamente? Vamos conferir em detalhes.

Necessidades específicas para o armazenamento de pneus

Aos desafios inevitáveis para qualquer instalação de armazenagem como a otimização do espaço ou a agilidade na preparação de pedidos, somam-se outras particularidades que afetam o armazenamento de pneus:

- São manuseadas elevadas quantidades de referências:

Embora não se trate de uma situação exclusiva dos armazéns de pneus, estes geralmente têm um elevado nível de stock, que também é incrivelmente variado.

O setor não deixa de crescer: a indústria do pneu incorpora com enorme rapidez, novos modelos, marcas, dimensões, diferentes índices de velocidade, materiais…

Nessa situação, controlar o inventário disponível com grande precisão e registrar a rastreabilidade de cada referência é indispensável. O objetivo é limitar a incidência de erros no armazenamento de pneus e na preparação de pedidos.

- Os pneus exigem condições de armazenagem especiais:

Pelas características dos materiais em que são fabricados, os pneus precisam ser armazenados com condições ambientais específicas para a sua correta conservação. Estas são:

  • Os pneus devem ser armazenados livres de tensão ou compressão, ou seja, de forças que ao longo do tempo possam deformá-los.
  • O armazém deve estar a uma temperatura ambiente estável, preferencialmente entre 15 e 25 graus.
  • Devem ser armazenados sobre paletes ou outras estruturas que evitem o contato direto com o solo e, portanto, com a humidade.
  • A instalação deve estar ventilada e não deve estar exposta diretamente à luz do sol ou a focos com um alto índice de radiação ultravioleta.
  • Em nenhum momento devem ter contato com substâncias como dissolventes, combustíveis, lubrificantes, produtos químicos ou desinfetantes.

- Os armazéns de pneus necessitam de medidas de segurança reforçadas:

Os diferentes tipos de borracha ou goma são materiais altamente inflamáveis, o que aumenta a periculosidade de armazenar uma grande concentração de pneus em um mesmo lugar.

No caso de armazenar pneus, é necessário dotar o armazém das medidas de segurança adequadas. Para determinar o nível de risco de uma instalação de armazenagem, adota-se como referência a estrutura do edifício (pilares, vigas e coberturas), a sua superfície, o tipo de mercadoria, o modo de armazenamento e a altura.

Elementos imprescindíveis para o armazenamento de pneus

Destacamos os elementos básicos para a armazenagem adequada de pneus:

- Instalar estantes para pneus

Sejam pneus, lâminas de borracha ou goma, os sistemas de armazenagem devem adaptar-se às características desses produtos. Dependendo do sistema seguido para o seu empilhamento:

  • As estantes para pneus têm vigas adaptáveis em função da largura dos pneus. Por exemplo, assim são formadas as estantes para pneus destinados ao picking.
  • Outra opção é que suportem "gaiolas" ou contentores metálicos que agrupem as rodas em cada localização de armazenamento. Dessa forma, as estantes convencionais ou compactas são configuradas de acordo com as medidas dessas estruturas metálicas. Foi dessa forma que a Mecalux projetou o armazém da Michelin.
As estantes devem adaptar-se aos contentores metálicos que agrupam pneus e facilitam o armazenamento de pneus
As estantes devem adaptar-se aos contentores metálicos que agrupam pneus e facilitam o armazenamento de pneus

- Integrar os sistemas de prevenção de riscos no armazém (especialmente as medidas contra incêndios)

Os armazéns de pneus costumam ser instalações de alto risco. Cada país conta com normas específicas de segurança contra incêndios e é algo a considerar no momento de desenhar o layout do armazém. No âmbito internacional, destacamos a Norma NFPA-13 que regula os padrões que devem ser satisfeitos pelos sensores e aspersores ou sprinklers.

A automatização, uma solução que melhora o armazenamento de pneus

A automatização de processos facilita a gestão dos complexos armazéns de pneus. Entre as alternativas disponíveis, duas estratégias predominam:

Se necessitar de ajuda para determinar a solução adequada para o seu armazém de pneus ou derivados da borracha, não hesite em entrar em contato conosco, um de nossos especialistas encarrega-se de o assessor pessoalmente.