A tecnologia RPA ou automação robótica de processos usa bots para interagir com os computadores

O que é o RPA? A automação robótica de processos em logística

25 Agosto 2021

Embora o termo de automação robótica de processos (RPA) seja relativamente novo, a finalidade desse conceito tem o objetivo de começar a implementar a tecnologia e a robotização no âmbito empresarial. Qual é o objetivo? O uso de um software para realizar tarefas que atualmente estão a ser realizadas por humanos. Evidentemente, de um modo mais rápido, constante e sem erros.

A adoção de robôs de software é uma tendência crescente quando se pretende aumentar os níveis de qualidade e produtividade de uma operação, o que os converte em protagonistas da estratégia de transformação digital de qualquer empresa. Segundo Forrester Research, organização especializada em pesquisa de mercado, estima-se que o número de robôs dedicados a tarefas administrativas, vendas ou atividades relacionadas no final de 2021 atingiu os 4 milhões.

O que é a tecnologia RPA e qual é a sua função?

A tecnologia RPA (Robotic Process Automation em inglês) consiste na automação de processos que estão sujeitos a sistemas informáticos. Dito de outra forma, trata-se de um software que utiliza robôs digitais para interagir com programas de forma automatizada. É utilizado para automatizar tarefas administrativas repetitivas e aparentemente simples, tais como ligar a aplicações web, copiar, colar ou renomear arquivos, criar diretórios e pastas, etc.

Mas, o que é um robô de software? Os robôs, ou bots de software, são programas informáticos que podem ser instalados num PC, um servidor físico ou uma máquina virtual a fim de efetuar digitalmente as tarefas que até então eram realizadas pelos humanos.

Embora a tecnologia RPA seja implementada maioritariamente nos departamentos financeiros das empresas (a empresa de consultoria Gartner afirma que 80% de tais departamentos já deveriam ter ou estar a planear usar alguma forma de RPA), a logística também beneficia dos recursos oferecidos pela automação robótica de processos. Por exemplo, pode agilizar as tarefas meramente administrativas e, inclusive, ajudar no controle do inventário.

Quais tarefas podem ser automatizadas com a tecnologia RPA?

Os robôs de software são capazes de imitar as ações realizadas pelos humanos, baseando-se em regras preestabelecidas e, inclusive, na inteligência artificial. A sua missão consiste em libertar os funcionários dos trabalhos administrativos mais monótonos para que possam focar noutras tarefas mais estratégicas e que proporcionem um maior valor agregado para a empresa.

Vejamos, de forma sintetizada, as principais funções oferecidas pela tecnologia RPA:

  • Interagir com aplicativos para o ambiente de trabalho ou aplicativos web.
  • Editar documentos, tais como Excel, Word, PDF, etc.
  • Lidar com arquivos e pastas: criar, apagar, atualizar, mover, etc.
  • Utilizar o e-mail: extrair dados, gerar e enviar e-mails.
  • Exportar texto de imagens para obter informações.
  • Executar comandos.

A tecnologia RPA integra técnicas de melhoria contínua que identificam permanentemente novos processos que possam ser robotizados e aprendem com os seus erros para atingir a máxima eficiência.

A tecnologia RPA pode criar documentos automaticamente, como a prova de entrega eletrónica
A tecnologia RPA pode criar documentos automaticamente, como a prova de entrega eletrónica

Benefícios da tecnologia RPA na logística

A logística também tira proveito dos enormes recursos oferecidos pela automação robótica de processos. Eis aqui algumas das operações através das quais um robô de software ajuda as empresas a obterem uma vantagem competitiva:

  • Acompanhamento e status do envio. A tecnologia RPA permite controlar o status do envio e receber notificações sobre o horário de recolha, avisar sobre possíveis atrasos ou elaborar uma prova de entrega eletrónica através de mensagens geradas automaticamente.
  • Controlo do stock. A automação robótica de processos pode simplificar o controlo do stock.
  • Gestão de compras. Pode executar ordens de compra através de critérios automatizados como preço, quantidade ou periodicidade de uma compra.
  • Planeamento da oferta e da procura. Com base num conjunto específico de regras predefinidas, os robôs de software analisam automaticamente dados históricos de vendas ou indicadores do mercado para prever a oferta e a procura futura. Dessa forma, é possível garantir a quantidade de produtos necessários para realizar qualquer tipo de atividade e manter um stock de segurança adequado.
  • Documentação inteligente. Facilita a transferência de documentação rápida e sem erros, processando faturas, cobrando créditos, intercambiando dados, etc.

A tecnologia RPA está a emergir como uma ferramenta muito rentável para as empresas digitalizarem a sua cadeia de abastecimento e, simultaneamente, reduzir custos. Tudo isso com uma maior satisfação tanto dos funcionários quanto dos clientes.

A tecnologia RPA pode executar ordens de compra para ter a mercadoria necessária a todo o momento
A tecnologia RPA pode executar ordens de compra para ter a mercadoria necessária a todo o momento

A tecnologia RPA na gestão do armazém

A transformação digital de processos implica incorporar os sistemas que melhor se ajustam às necessidades da organização (ERP, MES, SGA, etc.) e trabalhar com as últimas tecnologias para conseguir melhores resultados.

Nesse sentido, a automação robótica de processos é aplicável à gestão automatizada de armazéns. O uso da tecnologia RPA no armazém seria realizado graças à implantação de um SGA, tal como o Sistema de Gestão de Armazém Easy WMS da Mecalux. O SGA automatiza tarefas do armazém que sem ele teriam que ser geridas manualmente por uma pessoa: permite simplificar a gestão de inventário, automatizar o slotting ou estratégias de localização, apoiar a preparação de pedidos, garantir a rastreabilidade, etc.

Um software de gestão de armazém utiliza a tecnologia RPA para automatizar alertas em diferentes operações como recebimento ou preparação de pedidos. Além disso, também permite sincronizar a relação entre o SGA e outras aplicações dentro do armazém, tais como com os ERP, TMS (Transportation Management System) ou sistemas de produção mais complexos.

A robotização, tanto de gestão quanto de operações, é imprescindível em armazéns com um alto desempenho
A robotização, tanto de gestão quanto de operações, é imprescindível em armazéns com um alto desempenho

A caminhar rumo à gestão 100% robotizada

É inegável a infinidade de benefícios proporcionados pela tecnologia RPA no que se refere à produtividade e eficiência na logística de uma empresa. A sua implementação economiza custos à empresa, permite que os trabalhadores se foquem noutras operações mais complexas e aumenta a satisfação final do cliente.

É fato que automatizar todos esses processos para serem executados com maior velocidade e eficiência é atraente, mas primeiro devemos conhecer as nossas necessidades para posteriormente elaborar uma boa estratégia logística.

Por isso, é recomendável recorrer a uma empresa especializada nessa área para que o assessorem e analisem detalhadamente as suas necessidades de modo a oferecer uma solução totalmente personalizada. A Mecalux é especializada em soluções inteligentes de armazenagem e software logístico adaptado ao perfil de cada cliente. Entre em contato connosco caso pretenda otimizar a sua cadeia de abastecimento e beneficiar das vantagens proporcionadas pela automação.