Quando escolher instalações em altura?

Hoje é possível fabricar estantes convencionais especialmente altas, inclusivamente superiores a 40 m, embora isso condicione o tipo de equipamento de movimentação exigido para manusear a carga nessas instalações. Mais concretamente, para estantes de até 14 m de altura é possível utilizar empilhadores trilaterais, mas ultrapassado esse número é necessário contar com transelevadores manuseados mediante sistemas automatizados.

Erguer estantes elevadas é uma boa solução para otimizar a superfície de construção, pois possibilita uma maior capacidade num espaço delimitado sem perder, por isso, as vantagens do acesso direto a qualquer palete. Essa é a situação adequada para qualquer armazém.

Se o edifício já estiver construído, a sua altura definirá os limites das estantes que possam ser utilizadas. Se não foi construído no momento de planear a instalação, poderá ser cogitada a possibilidade de o fazer na altura necessária e, inclusivamente, optar por uma solução autoportante (uma excelente escolha especialmente para edifícios de mais de 15 m de altura).

Armazém autoportante de fabrico e distribuição de tecnologia em saúde.

Armazém autoportante de fabrico e distribuição de tecnologia em saúde

Dentro do armazém para produção e venda de produtos cerâmicos destinados à construção.

Interior do armazém para produção e venda de produtos cerâmicos destinados à construção.

 

Os armazéns autoportantes são edifícios onde a estrutura é formada pelas próprias estantes que, além de armazenar a mercadoria, suportam as paredes e o teto. Trata-se de edifícios integrais e muito robustos, uma vez que para a sua construção calculam-se os esforços que devem suportar face ao vento, à neve e aos abalos sísmicos.

Other topics in this category