Sistemas de compactação

Juntamente com os sistemas de armazenamento com acesso direto às paletes, também encontramos a organização de acordo com as modalidades de compactação.

Essa família agrupa as soluções com estantes compactas, as Push-back, os Pallet Shuttle e as dinâmicas com rolos.

Embora cada um desses sistemas tenha as suas particularidades, todos têm em comum uma série de características:

  • São sistemas de compactação, o que implicitamente significa um maior aproveitamento do espaço.
  • O seu uso é indicado para situações onde houver muitas paletes de uma mesma referência e a rotatividade não é uma prioridade. Apenas as estantes dinâmicas permitem estabelecer fluxos FIFO (a primeira palete que entra é a primeira que sai) para manter uma rotatividade perfeita.

Imagem de uma paletização compacta

Imagem de uma paletização compacta

Imagem do sistema push-back

Imagem do sistema push-back

  • Com essas modalidades de armazenagem não se acede às paletes em qualquer momento, pois se a unidade de carga estiver numa posição interior, será necessário primeiramente retirar as paletes que a precedem para poder chegar à mesma. Relativamente aos seus movimentos, as unidades de carga devem ser manipuladas pelo lado largo, perpendiculares aos patins inferiores, salvo no caso das estantes dinâmicas e Push-back de rolos, nas quais a carga e descarga da palete é feita pelo seu lado estreito.
  • Cada corredor (nas estantes compactas) ou cada nível de um corredor (Push-back, Pallet Shuttle e dinâmicas) apenas deve conter uma mesma e única referência. Consequentemente, ocorrerá uma grande diferença entre a capacidade física e a efetiva, visto que quanto menos corredores ou níveis forem destinados a uma mesma referência, maior será a diferença entre as capacidades. Por outro lado, nos sistemas compactos, contar com um sistema de gestão nem sempre significa aumentar a capacidade efetiva. Isso é assim porque ao atribuir cada corredor a uma única referência, num fluxo normal de trabalho, considera-se que já está meio cheio e a sua capacidade efetiva corresponde a 50% da física. No entanto, quando houver mais de um corredor esse diferencial se reduz.
  • Finalmente, convém fazer duas observações relativas à altura das estantes. Esses sistemas são utilizados, normalmente, com empilhadores contrapesados e retráteis, o que limita a altura máxima de construção. Por outro lado, quanto mais altas forem as estantes mais dificuldades haverá na manipulação das paletes.

Empresa fabricante de masa congelada.

Paletização dinâmica. Empresa fabricante de massa congelada

Sistema Pallet Shuttle instalado en una empresa del sector papel decorativo para empaquetado.

Sistema Pallet Shuttle instalado numa empresa do setor de papel de embrulho decorado

Other topics in this category